Servidores não aceitam retirada de direitos e governo deve apresentar nova proposta - SindiSeab

Área Restrita - Efetue seu login

Encontre uma notícia

NOTÍCIAS


Greve continua!

Servidores não aceitam retirada de direitos e governo deve apresentar nova proposta

Representantes do Comando de Greve Estadual se reuniram hoje (5) com representantes do governo.
05/07/2019

As lideranças do Fórum das Entidades Sindicais FES e de associações e sindicatos das polícias civil e militar se reuniram na manhã desta sexta-feira (5) com representantes do governo Ratinho Junior para cobrar uma proposta concreta de pagamento da reposição. A data-base venceu no dia 1º de maio e o índice da inflação acumulada é de 4,94%.



Os servidores reiteram que não aceitam os 0,5% a partir de outubro, anunciados pelo governador à imprensa na última terça (2). As lideranças enfatizaram que aguardam uma “proposta decente” e que também não negociam retirada de direitos. O governo assumiu novo compromisso de responder às reivindicações em reunião marcada para segunda-feira (8). O 2º Ato Unificado está marcado para terça-feira, às 09h00, na Praça do Casal Nu, em Curitiba.



O encontro de hoje foi na Casa Civil e contou com a presença de deputados. A greve continua. 



Saiba mais:

* O FES transmitiu vídeo sobre a reunião de 05 de julho com o governo (assista aqui).

* Renúncia fiscal de Ratinho cresce e pode chegar a R$ 55,3 bilhões - Em cinco anos, governador abriria mão de um ano inteiro do orçamento do estado. O valor que o governo quer deixar de arrecadar também representa o pagamento de 3,3 anos de toda a folha do funcionalismo público paranaense (clique aqui).



 






Notícias relacionadas